Olá!!!!!

Você está entrando num mundo de sensações poéticas, lembre-se, tudo o que você possa vir a sentir será de sua inteira responsabilidade.

PHOENIX

PHOENIX

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Nem Começou!


Nem começou, já acabou!
Voce apareceu, me absorveu
E se foi, com seu olhar, meu eu
Se foi, e ainda tinha tanto por falar!

Nem começou, e quando fui começar a te sentir
voce olhou, abriu um sorriso, e disse adeus
assim, como quem não quer nada, começou a sair
da minha vida, da minha história, e de todo o meu eu!

Mas nem tudo se vai, a história fica
A sensação é eterna e se replica
E o adeus, embora pra sempre,
sempre fica, incrustrado na memória, 


Voce, que nem bem começou a viver
uma vida nova, e assim, já vai embora
Voce, que assim, ja começa a me ver
de longe, sei, é medo, vejo isso de fora!


Não! Não é assim que se vive!
Uns tem sorte, outros só precisam
olhar melhor, sei porque já estive
onde voce está, e nem todos ensinam!

nem todos olham ao redor!

Tá tudo errado, tudo trocado
Tá tudo perdido, e você sabe
A ilusão é linda, como dourado
E é falsa, mas o brilho... arde!

Você se vai, mais uma vez, se proteger
Mas diga, sem pensar, exatamente do que
voce acha que afinal vai se precaver?
Irá seguir adiante, e assim acaba de se perder...

Então, vai perceber, agora sem retorno
Que todas as lágrimas que chorou,
não valeram, porque não te desabrochou

não valeram, porque teu coração ficou... morno!




2 comentários:

cotrim disse...

legal nos seus versos, é trajeto, inicio,meio e fim, diferente de outros que não tem esta intensidade poetica.acho que desenhei estas palavras outra vez...

Anônimo disse...

Oi Patricia, tudo bem, acho que esse é o único lugar onde eu posso falar com você... Gostei muito do poema. De verdade. Não tenho dúvidas de seu talento. Abraço.